O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Pirataria chinesa avacalha qualidade e tradição dos produtos ocidentais

Contrafacção de relógio, pesadelo chinês
A pirataria industrial chinesa é um flagelo para a indústria relojoeira suíça. Patek Philippe, Breguet, Longines, Omega, Blancpain, Tag Heuer, Vacheron Constantin chineses se encontram na rua por poucos reais, todos absoluta e rigorosamente falsos. “Use e jogue fora”: em pouco tempo param e vão para o lixo, mas o dano para a reputação das marcas tradicionais está feito.

Mas há pior: uma contrafação requintada que produz por um preço final em volta de U$200 relógios que externamente enganam clientes experientes.

As cópias de poucos reais jamais seriam usadas por alguém que quer se exibir com um “Rolex” na sua roda, sob pena de ridículo. Mas um “Rolex” chinês que ludibria até os proprietários de peças legítimas tira clientela de um público necessariamente restrito e desprestigia a marca.

“A China é o mercado número um da pirataria, lá ela ocorre livremente” diz Jean-Daniel Pasche, presidente da Federação da Indústria Relojoeira Suíça.

Contrafacção de relógio, pesadelo chinêsA Federação contatou o governo chinês, que fez de conta de querer colaborar. “Porém a luta será longa”, comentou desanimadamente Pasche.

Para Pequim a contrafação é uma arma de guerra econômica para obter uma hegemonia total no mundo. Nessa luta, o nível de vida, a dignidade, a boa qualidade, a tradição e o refinamento vão sendo demolidos.

No seu lugar, entra a má qualidade, a vulgaridade, a feiúra, o chinfrim, a intranscendência desprezível do meramente descartável.

Apagam-se os últimos vestígios da civilização cristã e se instala o ateísmo neo-pagão, como quer o comunismo.

Sei que o blog 'Pesadelo chinês' é reprimido na China, mas quero receber atualizações gratuitas, sem compromisso, no meu Email

Nenhum comentário:

Postar um comentário