O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Perto das olimpíadas, cresce repressão na China comunista

Na iminência dos Jogos Olímpicos, o regime de Pequim recrudesceu a repressão aos dissidentes [foto].

Para o governo chinês, o evento é uma imensa oportunidade de propaganda comunista. Quem critica a ditadura é enquadrado no crime de “incitação à subversão do poder do Estado” com atos que “violam o espírito olímpico”.

Para o diário parisiense “La Croix”, o “ano novo chinês começou mal”, pois ferve a cólera, o descontentamento e a frustração.

Segundo o insuspeito diário “Le Monde”, o “enrijecimento repressivo” é executado através de prisões, expropriações e corrupção.

A respeito dessas injustiças socialistas, grandes órgãos da imprensa brasileira silenciam, abafam, distraem as atenções, parecendo ter uma inexplicável cumplicidade com o comunismo chinês.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Comunismo chinês promove homossexualismo

O “China Daily”, diário publicado em inglês pelo governo comunista de Pequim, fez escabrosa apologia do homossexualismo, em matéria de capa do mês de janeiro.

O socialismo e o comunismo pleiteiam todas as formas de imoralidade com base em suas idéias radicalmente igualitárias. Porém, o regime de Pequim vinha escondendo velhacamente sua afinidade profunda com o homossexualismo e outras perversões antinaturais. Agora, tirou a máscara.

Enquanto isso, a AIDS cresce em proporções alarmantes no país.