O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Incontáveis cadáveres boiam no Rio Amarelo sem que o governo esclareça

O rio Amarelo passando por Lanzhou
O rio Amarelo passando por Lanzhou

De acordo com o jornal chinês “Oriental Morning Post”, sobre as águas do famoso Rio Amarelo passaram boiando, nos últimos 50 anos, mais de 10.000 cadáveres apenas nos 80 quilômetros em torno da cidade de Lanzhou, na província rural de Gansu.

Não se trata apenas nem principalmente de uma consequência das chacinas praticadas por Mao Tsé Tung no tempo da Reforma Agrária ou do Grande Salto Adiante.

Acontece, e cada vez mais, na China atual.

“Entre abril e setembro de 2012, pelo menos 20 corpos foram recuperados cada mês”, explicou ao jornal um policial de Lanzhou.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Á China poderá ser o Titanic do século XXI

Mal-estar popular agita grandes fábricas: Foxconn
Mal-estar popular agita grandes fábricas: Foxconn


“Tudo o que você acha que sabe sobre a China está errado”, escreveu peremptoriamente Minxin Pey, da acatada revista “Foreign Policy”. A China não é a potencia econômica, política e militar que se acha comumente, explicou.

A afirmação pega de surpresa, mas Pey apresenta uma argumentação sólida e convincente em  “Foreign Policy”.

De início, Pey sublinha que enganos do gênero não são coisa nova. “Nos últimos 40 anos, escreve, os americanos demoraram a perceber o quanto seus rivais estrangeiros decaíram. Nos anos 70, eles pensavam que a União Soviética era um gigante. No fim dos anos 80, temiam que o Japão fosse superar economicamente os Estados Unidos”.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Milhares de policiais reprimem indignação operária em fábrica da Foxconn

Indignação operária na Foxconn, Taiyuan
Indignação operária na Foxconn, Taiyuan



Revoltados contra as extenuantes jornadas de trabalho, milhares de operários da fábrica de Foxconn em Taiyuan (norte da China) enfrentaram os seguranças e a polícia marxista, noticiou “Le Figaro”.  Por volta de quarenta deles ficaram feridos.

Na China, as fábricas, inclusive as mais modernas como as da Foxconn, são verdadeiras cidades onde tudo é em comum: dormitórios, refeitórios, locais de lazer, etc. A única opção dos operários é ir e voltar ao trabalho.

Os horários são determinados em função da produção, a qual pode, em certos casos extremos, chegar até as 24 horas do dia.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Poluição tinge de vermelho o maior rio da China. Se fosse no Brasil, o quê teria acontecido?

O imenso, histórico e poético rio Yangtzé, outrora conhecido como “a correnteza de ouro”, ou “Rio Azul”, adquiriu uma estanha cor vermelha, assustando os ribeirinhos e a imprensa internacional, informou a ABCNews.

As autoridades socialistas chinesas declaram não ter ideia do que se trata e não parecem determinadas a fazer nada de sério em face do desastre.

O mais extenso e largo rio chinês e o terceiro maior do mundo, o Yangtze irriga as melhores terras da China.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Abortos forçados na China, exemplo do futuro do mundo?

Feng Jianmei com o cadáver de seu filho abortado pela força
Feng Jianmei com o cadáver de seu filho abortado pela força
Um crescente mal-estar está tomando conta da China após funcionários públicos prenderem a jovem operária Pan Chunyan na mercearia onde trabalhava, pelo crime de estar grávida de quase oito meses de seu terceiro filho.

Ela ficou presa com mais duas mulheres durante quatro dias, até que a levaram a um hospital e a forçaram a imprimir seu polegar num documento dizendo que concordava em abortar a criança. Uma enfermeira injetou-lhe uma droga e o bebê nasceu morto pouco depois, “com o corpo todo preto e azulado”, contou Pan.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Cidades fantasmas chinesas podem afundar economia mundial

Kangbashi: cidade habitada por fantasmas
Kangbashi: cidade habitada por fantasmas

Enormes cidades-fantasma povoam o horizonte chinês e ameaçam jogar por terra o castelo de baralho da planificação econômica marxista, segundo descrição da “Folha de S. Paulo”.

Milhares de prédios novos em cidades completas e novas em folha, mas desabitadas, existentes em várias regiões chinesas, sugerem que imensa bolha está em vias de fazer voar aos pedaços a economia mais desequilibrada do mundo.

A escala dos empreendimentos vazios impressiona os observadores estrangeiros.

Só em Chenggong, no sudoeste chinês, há, vazios, 100 mil apartamentos e uma vasta infraestrutura de universidades, escolas, bancos e até duas estações de trem inteiramente vazias.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Prisão iniqua do bispo auxiliar de Shangai afervora católicos no mundo

Mons. Daqin "desaparecido" pela polícia socialista
Mons. Daqin "desaparecido" pela polícia socialista

Continuam na Ásia e no mundo as iniciativas para obter a libertação de Mons. Taddeo Ma Daqin, bispo auxiliar de Xangai, que no dia de sua sagração teve a coragem de romper com a Associação Patriótica, órgão da repressão socialista.

O bispo foi imediatamente preso pela policia e está “desaparecido”.

A agência AsiaNews informou que o Cardeal Joseph Zen, bispo emérito de Hong-Kong, presidiu na igreja de Santa Margarida desta cidade, a uma celebração nas intenções do bispo sequestrado, com a presença de mais de 800 católicos.

O Cardeal acusou os representantes do governo comunista de interferência na vida da Igreja. De fato, a prepotência e a violência têm sido a única atitude estável do regime face aos católicos fieis à Roma e que recusam pactos com o socialismo.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Campos de tortura e castigos geraram atletas vencedores na Olimpíada


Na última Olimpíada os atletas chineses ganharam um número anormal de medalhas, porém a um custo sinistro, segundo matéria publicada por “O Globo”.

Em 1992, a China conquistou em Barcelona apenas 16.

Em 2008 pulou para 51. E em 2012 ficou atrás dos EUA por muito pouco.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Navios de guerra chineses ingressam no Mediterrâneo e no Mar Negro

Fragata chinesa 'Yantai' no porto de Varna, Bulgária.
Fragata chinesa 'Yantai' no porto de Varna, Bulgária.

Duas flotilhas de guerra chinesas ingressaram no Mediterrâneo no mês de agosto, via Canal de Suez, manifestando intenções amistosas, noticiou o jornal indiano “Indian Punchline”.

Trata-se de um fato sem precedentes e um sinal do expansionismo bélico chinês. Dois navios de guerra, entre os quais um destruidor com mísseis teleguiados, ancoraram em Istambul, numa visita de quatro dias.

A segunda flotilha penetrou o Mar Negro e ancorou no porto búlgaro de Varna, numa “visita de boa vontade”, algo nunca acontecido antes.

A mídia israelense especula que a entrada naval militar chinesa em águas tão distantes de suas bases tinha como objeto dar um apoio ao governo da Síria, que vem sendo sustentado diplomaticamente por Pequim nos foros internacionais decisivos.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Bispo excomungado e socialismo chinês intensificam perseguição religiosa

Harbin: padres e fiéis fogem de bispo excomungado
Harbin: padres e fiéis fogem de bispo excomungado
O governo socialista está se vingando de sete sacerdotes católicos que não quiseram participar na cerimônia de sagração ilícita do Pe. Joseph Yue Fusheng, na cidade de Harbin, informou a agência UCANEWS citando fontes eclesiásticas locais.

Antes da sagração ilícita, representantes do governo avisaram aos sacerdotes resistentes que estes sofreriam pesadas consequências.

Os sete sacerdotes resistentes se ausentaram deliberadamente da cerimônia canonicamente ilegal ou manifestaram publicamente sua oposição ao fato de o Pe. Yue não ter mandato papal para ser bispo e estar estreitamente ligado ao governo.

Por sua vez, a Santa Sé declarou que o Pe. Yue incorreu em excomunhão automática prevista pelo Código de Direito Canônico.

Mas ele continua celebrando Missa como bispo em ruptura com a Igreja, com as costas aquecidas pelo governo marxista.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Projeto imobiliário chinês cria cidade fantasma em Angola

Nova Cidade de Kilamba Kiaxi, Angola, é fracasso chinês
Nova Cidade de Kilamba Kiaxi, Angola, é fracasso socialista
A China desenvolveu um projeto residencial nos arredores de Luanda, capital de Angola, e acabou criando uma moderna cidade-fantasma.

O bairro de Nova Cidade de Kilamba devia receber 500 mil novos habitantes.

Os prédios já estão construídos, mas só se vê ruas desertas e apartamentos fechados.

Dos 2.800 apartamentos postos à venda há um ano, apenas 220 foram comprados.

Os preços são irreais, não existe financiamento, o plano foi concebido num gabinete fechado socialista desligado da realidade. Esta é uma das mazelas, e não das mais graves, do dirigismo totalitário marxista.

terça-feira, 31 de julho de 2012

China: em sagração novo bispo renuncia ao regime e “desaparece”

D. Thaddeus Ma Daqin "desapareceu" logo após sagração
D. Thaddeus Ma Daqin "desapareceu" logo após sagração
A sagração do novo bispo auxiliar de Xangai, combinada entre o governo comunista chinês e a Santa Sé, teve um desfecho inesperado., noticiou “La Vie”.

Na hora da sagração o agora novo bispo Dom Thaddeus Ma Daqin, recusou a imposição das mãos de Dom Zhan Silu, bispo “oficial” de Mindong não reconhecido por Roma e afiliado à ditadura anticristã. Também se recusou a receber a comunhão desse bispo ilegal.

Em sua homilia, Dom Thaddeus, que era membro do Comitê Nacional da Associação Patriótica, disse: “Eu acredito que não convém continuar servindo a Associação Patriótica”.

O povo aplaudiu vivamente a declaração e verteu torrentes de lágrimas diante de uma coragem que há muito os líderes da Igreja não exibem.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Canibalismo na China hoje, direito humano amanhã?

As cápsulas pegas pela polícia da Coréia do Sul
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




A China deu a partida a uma série de notícias recentes sobre repugnantes fatos de canibalismo, não apenas entre pagãos incultos, mas entre ocidentais ex-cristãos.

De início, a polícia da Coreia do Sul interceptou carregamentos de cápsulas com aparência de medicamentos, contendo carne humana seca, verossimilmente de fetos, proveniente do gigante socialista. Seu destino provável era alimentar o mercado de afrodisíacos...

A China negou a denúncia, mas logo depois a polícia deteve Zhang Yongming, 56, na província de Yunnan, suspeito de ter assassinado e decepado 20 jovens.

Ele vendia depois os horrendos “cortes” como “carne de avestruz”, entregando os restos aos cachorros. As macabras revelações vieram à luz na imprensa de Hong-Kong.

terça-feira, 3 de julho de 2012

China: repressão “por pontos” silencia usuários da Internet

Internauta chinesa: regime socialista controla 'por pontos'
Internauta chinesa: regime socialista controla 'por pontos'
A China está implantando mais um método de controle e censura na Internet, noticiou o diário de Milão Il Corriere dela Sera. Trata-se da “Disciplina por pontos”.

O sistema já foi lançado de maneira experimental e concede ao usuário de qualquer microblog como Twitter pontos que lhe serão tirados se não obedece as consignas da ditadura socialista.

O crédito básico será de 80 pontos caso o usuário se “loge” como anônimo ou com codinome; 90 pontos se se cadastra fornecendo os dados do RG; e 100 pontos se acrescenta seu número de celular.

O usuário vai perdendo pontos se incorre em condutas “ilegais” como veicular informações que o regime não quer. Quando o usuário cai ao nível de 60 pontos recebe uma advertência, e se chega a zero perde a conta no microblog e a possibilidade de se conectar.

terça-feira, 5 de junho de 2012

200.000 agonizam em campos de concentração da Coreia do Norte

Coréia do Norte. Jornalistas estrangeiros "confiáveis" foram bem tratados
Jornalistas estrangeiros "confiáveis" foram bem tratados
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




A Coreia do Norte comemorou com grandes manifestações de massas o centésimo aniversário de Kim Il-sung, avô do atual ditador Kim Jong-un, noticiou o diário “Le Monde”.

Kim Il-sung foi o fundador da mais pertinaz dinastia comunista, talvez a mais cruel, embora haja nisto discrepâncias.

Duzentos jornalistas estrangeiros foram convidados a admirar as realizações do socialismo norte-coreano, inclusive seu centro espacial.

Mas o fizeram sob estrita vigilância dos agentes da ditadura.

Assim, de um trem luxuoso (para os critérios miserabilistas) eles puderam contemplar os sucessos dos assentamentos da reforma agrária – encenação montada cuidadosamente e para ser vista apenas sem descer do comboio.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Apresentador de TV denuncia iogurtes contaminados e some

Zhao Pu
Zhao Pu
O apresentador da TV nacional chinesa, Zhao Pu, desapareceu após alertar sobre um escândalo de iogurtes adulterados. A denúncia partiu da organização Repórteres Sem fronteiras (RSF) e foi publicada no jornal “El Mundo”, de Madri.

Apresentador habitual de programas vespertinos no canal estatal CCTV, Zhao, 40, escreveu no seu microblog, em 9 de abril, uma mensagem alertando para a gelatina tóxica presente em iogurtes e outros alimentos.

Foi o último dia em que foi visto nas telas. A CCTV nada informa sobre sua desaparição. Segundo a RSF, ele pode ter sumido por “pedido do governo que, como em anteriores escândalos alimentares, quer suprimir qualquer comentário sobre uma questão muito sensível”.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Catolicismo cresce na China, apesar das perseguições

Procissão católica "clandestina"

Segundo o Centro de Estudos da Fé, de Hebei, 22.104 chineses receberam o sacramento do batismo na Páscoa de 2012. Os dados foram publicados pela Rádio Vaticana.

Como os católicos na China comunista já são mais de seis milhões, os quase 22 mil novos fiéis representam um aumento de 0,33%.

Só na diocese de Hong-Kong – com 360 mil fiéis e na qual a Igreja goza de certa liberdade – houve na Páscoa 3.500 batismos, um aumento do 0,97%.

terça-feira, 15 de maio de 2012

2011: Ano recorde de repressões e torturas na China


Na China, 2011 foi o pior ano da última década sob o prisma dos direitos humanos. 3.832 dissidentes foram encarcerados, tendo 159 deles sido repetidas vezes torturados, alguns ficando aleijados para sempre.

86% dos encarceramentos não tiveram pretexto legal algum, e em outros 6% dos casos a base legal foi contestável.

Esses dados foram registrados no Relatório Anual da organização Chinese Human Rights Defender, que monitora o estado da dissidência no país.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Filmes revelam horrores do genocídio praticado pelo socialismo chinês

Campanha contra os direitistas
O cineasta chinês Wang Bing rodou dois filmes sobre os capítulos mais sinistros da revolução socialista chinesa, noticiou o site Slate.

O primeiro deles foi a campanha de 1957 contra os “direitistas”, verdadeiro episódio de repressão em massa.

Centenas de milhares de chineses foram deportados para campos de concentração. Foi montado assim um goulag, semelhante aos da Rússia, no deserto de Gobi, onde os prisioneiros morriam como moscas, de frio, esgotamento e maus tratos.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

China intoxica além de todos os limites o ar que respiram seus habitantes

A China admitiu que dois terços de suas cidades ultrapassaram o limite máximo de poluição atmosférica além do qual o ar se torna perigoso para a saúde, noticiou o jornal parisiense “Le Monde”.

Pressionado pela insatisfação popular, o governo prometeu mais uma vez pôr fim à desastrosa situação. As novas normas anunciadas pretendem atender às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), mas na prática fixam tetos três vezes mais elevados que os preconizados pela OMS como fronteira do perigoso.

A ditadura chinesa é acusada com frequência de não ligar para a gravidade da poluição provocada pelo seu desenfreado esforço por uma hegemonia econômica mundial.

terça-feira, 24 de abril de 2012

China desencadeia ondas de repressão na Internet

Lanhouse, Hebei
Pequim iniciou uma operação de controle e repressão da Internet de extensão inédita. O argumento aduzido é cortar os boatos sobre um inverossímil eventual golpe de Estado.

Para o jornal “Le Figaro”, trata-se de uma chicotada da censura sobre as principais redes de microblogging chinesas. Na enxurrada repressiva foram fechados outros sites Internet, tendo muitos internautas sido presos, noticiou “Le Figaro” de Paris.

A medida mais espetacular consistiu no bloqueio dos comentários dos dois maiores microblogs do país: o Weibo e o QQ, equivalentes ao Twitter. Aumenos 16 sites da Internet foram fechados e numerosas pessoas arrestadas, pelo suposto crime de “fabricar e propagar falsos boatos online”.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Banco Mundial adverte: monstruosa economia estatal chinesa ameaça ruir

Prédios de péssima qualidade feitos para inflar números ruem:  prefigura do futuro?
Prédios de péssima qualidade feitos para inflar números ruem:
prefigura do futuro?
 O Banco Mundial alertou os líderes da China marxista para porem fim ao monstruoso setor estatal da economia do país se quiserem conservar o crescimento do país, noticiou o “Los Angeles Times”, principal jornal da Califórnia.

Para o Banco Mundial, o modelo econômico chinês está “insustentável”. A solução seria estimular as empresas privadas, hoje marginalizadas, e diminuir a presença esmagadora das estatais socialistas.

Os conselhos e advertências fazem parte de um relatório de 400 páginas que propõe também diminuir os impostos e respeitar os direitos dos camponeses.

terça-feira, 13 de março de 2012

Poluição chinesa impede ver a Terra, mas ONGs só querem condenar empresas no Ocidente

Norte da China desaparece sob poluição em 10/01/2012.
Foto: Earth Observatory/NASA
A NASA publicou uma imagem da névoa de poluição que impede qualquer visibilidade sobre a imensa planície do norte da China. A poluição é tão grave que pode ser verificada a milhares de quilômetros no espaço, noticiou “Il Corriere della Sera”.

A visibilidade na superfície ficou limitada a 200 metros, impedindo a partida normal dos voos no aeroporto da capital chinesa.

O fato se repete com frequência. As nuvens de poluição na imensa área são geradas por centrais térmicas arquiprimitivas que funcionam queimando carvão.

A ditadura comunista já fez saber à comunidade internacional que enquanto seu desenvolvimento o exigir, nada fará para corrigir a intoxicação que prejudica seus cidadãos-escravos e o ar do planeta.

O que equivale a dizer, na filosofia de governo maoísta, que enquanto a China não consolidar sua hegemonia mundial, os outros – escravos ou não escravos – que morram intoxicados.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Fábricas na China usam métodos de campos de trabalho forçado soviéticos ou nazistas

Monumento a Lai Xiaodong, operário morto
numa explosão em fábrica da Foxconn
Uma erupção de chamas que torceu tubos de metal como se fossem canudos matou na hora dois operários e feriu outros dez que faziam iPads e iPhones para a Apple na Foxconn, em Chengdu, relatou “The New York Times”.

As condições de trabalho nas fábricas chinesas são terríveis: horas extras excessivas, trabalho sete dias por semana, dormitórios superlotados comuns, trabalho em pé tão longo que as pernas incham a ponto dos operários quase não conseguirem andar.

Menores de idade montam produtos da Apple, as fábricas acumulam lixos tóxicos e falsificaram registros “para inglês ver”, quer dizer as ONGs dos direitos humanos que se apresentam como monitores independentes e confiáveis e não sabem de nada nem percebem nada.

Há dois anos, 137 funcionários de uma fornecedora da Apple foram intoxicados usando uma substância química venenosa para limpar as telas do iPhone. Em 2011, duas explosões em fábricas de iPad mataram quatro e feriram 77.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Montadora chinesa bate recorde de insegurança mas quer vir ao Brasil

A contrafação do Rolls
O CK1, sedan da montadora chinesa Geely, que deseja fabricar carros no Brasil, participou do Latin NCAP, programa de avaliação dos veículos em caso de colisão.

Obteve o pior resultado e nenhuma das cinco estrelas possíveis. Até então, nenhum carro havia “zerado” na prova, cujo formato existe há décadas na Europa e EUA.

Entre as realizações da Geely figura a apresentação, no Salão de Xangai 2009, de uma cópia do Rolls-Royce Phantom. Até a estatueta “Spirit of Ecstasy”, símbolo da fabricante inglesa, foi pirateada.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Dissidente não é mais “problema”: desaparece logo!


Os “direitos humanos” não causam muita preocupação quando não se trata de um agente de destruição. Por isso, governantes e chefes de Estado fogem regularmente de falar deles nas suas visitas à China.

E, se alguém reclamar esses direitos, o governo marxista já concebeu um método de eliminação talvez não menos cruel que o fuzilamento: o “desparecimento” puro e simples. O método deixa mais à vontade os amigos de Pequim.

Os governos de esquerda, que berram pelos “desaparecidos” que teriam sido vítimas de governos não-comunistas, podem fingir que não sabem de nada.

Em janeiro, uma ativista de direitos da Mongólia Interior, Govruud Huuchinhuu, desapareceu repentinamente após deixar um hospital no qual se submetia a um tratamento de câncer; em fevereiro, sumiu o advogado de direitos humanos Tang Jitian, levado à força por policiais; em maio foi a vez de Ershidin Israel, chinês de etnia uigur, “desaparecido” após ser deportado para a China como suspeito de terrorismo. Nas semanas seguintes, mais três uigures também se ‘esfumaram’ da realidade.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Operários chineses desesperados. O que fazer por eles?

Operários da Foxconn ameaçam suicídio coletivo na Foxconn
que produz para Microsoft e Apple, entre outras

Nilo Fujimoto
Podemos parecer repetitivos, mas não podemos deixar de escrever novamente sobre o caráter escravagista do comunismo chinês devido à divulgação da incrível notícia de que mais uma vez se praticou uma tentativa de suicídio (pasmem!) coletivo neste país.

Cerca de 300 trabalhadores e ex-trabalhadores escalaram em grupo o telhado da fábrica da Foxconn, divisão Microsoft, e ameaçaram atirar-se caso não lhes fossem efetuados os aumentos de salários e os pagamentos acordados para os que optaram pelo programa de demissões “voluntárias”.

Além da negação da empresa em relação a tais concessões, pesou a insensibilidade da diretoria diante dos insistentes pedidos por melhorias das condições de trabalho.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Bispos resistentes na China: Personagens do Ano 2011

Mons. Cosme Shi Enxiang e Mons. Tiago Su Zhimin
Quem foi o personagem mais digno de nota em 2011?

A revista “Time” pretendeu que foi um simbólico agitador de rua muçulmano, “indignado”, incendiário de Londres ou de outro lugar. Outros propuseram personagens da política, da cultura ou do espetáculo, com menos força de convicção.

Como personagens do ano 2011, a agência AsiaNews  propôs dois “grandes desconhecidos”. Por certo desconhecidos pelos homens, mas não por Deus.

O primeiro é Mons. Tiago Su Zhimin (à direita na foto), de quase 80 anos, Bispo de Baoding (Hebei), preso pela policia socialista chinesa em 8 de outubro de 1997.

Ninguém sabe qual é a acusação, nem mesmo se houve algum processo contra ele, ou pelo menos onde o bispo está. Em novembro de 2003 foi descoberto por acaso que ele estava internado num hospital de Baoding, estreitamente rodeado por policiais do sistema repressivo. Os parentes puderam lhe fazer então uma inesperada e apressada visita. O regime não tolerou este contato e o bispo está desaparecido até hoje.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Wukan: pescadores e populares resistem a cerco da polícia chinesa

Cansados de serem constantemente enganados pelas autoridades locais, os agricultores da vila costeira de Wukan, na província de Guangdong, sul da China, estão desde setembro em protesto contra o governo comunista da cidade.

A polícia isolou a vila de 20.000 habitantes, cortando o abastecimento de alimentos para quebrar a resistência popular pela fome. Porém, a morte de um manifestante sob custódia da polícia acirrou ainda mais os ânimos.

Em causa está a apropriação de terras agrícolas por funcionários socialistas, ação que se tem tornado recorrente na região, como há muito no resto do país comunista. Esta mesma situação é vivida por outros 50 milhões de camponeses, os quais perderam suas terras na última década, noticiou “Global Times”.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Mais uma intoxicação de massa para atingir a meta do plano socialista

Em Shangzu, região autônoma de Xinjiang, oeste da China, onze pessoas morreram envenenadas com anticongelante altamente tóxico, segundo a agência oficial Xinhua.

Outras 120 pessoas tiveram de ser hospitalizadas pelo mesmo motivo. O químico tóxico mortal seria o etilenglicol, usado em motores, e solventes misturados em vinagre para consumo humano.

O governo socialista atribuiu a culpa ao Ramadã islâmico, que obriga ao jejum só durante o dia, enquanto à noite os muçulmanos se reúnem para comilanças.