O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Campos de tortura e castigos geraram atletas vencedores na Olimpíada


Na última Olimpíada os atletas chineses ganharam um número anormal de medalhas, porém a um custo sinistro, segundo matéria publicada por “O Globo”.

Em 1992, a China conquistou em Barcelona apenas 16.

Em 2008 pulou para 51. E em 2012 ficou atrás dos EUA por muito pouco.


Wu Minxia e He Zi, por exemplo, arrasaram no salto ornamental.

Durante um ano, a BBC de Londres acompanhou a preparação das duas e chegou à conclusão de que elas foram submetidas a um regime de trabalho forçado.

Junto com outros colegas, elas foram confinadas num ginásio, tendo livre apenas uma tarde de domingo por semana.

Elas iam de ônibus do centro de treinamento para os dormitórios, e no percurso o mundo exterior era apenas vislumbrado pela janela.

Nos apartamentos, que dividiam com outras, nada de visitas de fora. As refeições eram feitas em conjunto numa cantina comunal.

He Zi e Wu Minxia
“A vida dos atletas consiste em três coisas: treinar, comer e dormir” – repetia um funcionário do local sobre as “escravas” do sucesso do regime.

He Zi e Wu Minxia também repetiam: “Eu coloco todo meu coração e a concentração no treinamento. Não penso em muitas coisas além disso”.

Quase ao mesmo tempo, o britânico Daily Mail publicou fotos da preparação esportiva de crianças chinesas.

E as espantosas informações descrevem um regime de tortura e castigos físicos a que são submetidos meninos e meninas desde os 7 ou 8 anos de idade.

Numa foto publicada há uma garota de bruços, com os braços abertos, a cabeça levantada, chora de dor. Atrás, a instrutora segura uma espécie de palmatória.

Em outra foto, um pé do treinador pisa forte na perna de uma menina deitada no chão, o rosto contraído, a boca aberta num grito que lembra um quadro apavorador.

A “fábrica de atletas” cria fenômenos olímpicos como a nadadora Ye Shiwen, de 16 anos, que conquistou duas medalhas de ouro num tempo tão extraordinário que levantou a suspeita de doping.

Na realidade foi apenas mais um exemplo do “milagre” do sistema, impiedoso e desumano.

No sistema socialista, o indivíduo não vale mais do que uma formiga no formigueiro: ele é um escravo absoluto sem vontade própria, sem outra razão de ser que a fixada pela planificação socialista.

Quem não se encaixa no esquema é um “egoísta”, suspeito de “capitalista” anti-socialista, talvez “contra-revolucionário”, que poderá ser eliminado ou enviado a um posto de produção indesejado, sem nenhuma consideração humanitária.

E isto não só nos esportes, mas em todos os campos da atividade humana.



7 comentários:

  1. Faria justiça o Comitê Olímpico Internacional se não fizesse vista grossa a essa cruel violação dos direitos humanos e punisse a equipe chinesa. Bastaria retirar as medalhas ganhas pelos atletas que tivessem passado por estas torturas.

    ResponderExcluir
  2. Comunismo não vale nada, é defasado, anti-democrático, anti-cristão e pior de tudo, ASSASSINO.

    ResponderExcluir
  3. A China exagera e sou contra tortura mas esse babaquice dos direitos humanos não está com nada. Enquanto isso aqui no brasil, os menores de idade estão cada vez mais se tornando bandidos, e cada vez mais cedo cometendo crimes hediondos porque o ECA os defende, enquanto os direitos humanos defendem os bandidos maiores de idade. Talvez o que muitos jovens andam precisando é de disciplina rígida invés de excesso de direitos e nenhum dever. Pelo menos na China essas crianças se tornaram atletas. Enquanto isso, aqui no brasil, na grande parte das periferias por todo o país, os menores de idade estão se espelhando no crime organizando e se tornando bandidos sem limites e inescrupulosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamo pega vc e obrigar a ser um atleta e depois te torturar vamos ver se vc vai gosta

      Excluir
  4. 从来没有想过要在奥运会上夺取奖牌的折磨孩子需要是有史以来最好的味道更多的日本鬼子谁赚的工作,而不是通过暴力人权义务作为中国瓷器死亡

    nunca pensei que para ganhar medalhas nas olimpíadas era preciso torturar crianças para serem as melhores cada vez gosto mais do japoneses que ganham pelo trabalho e não por obrigação como a china morte aos chineses por violência dos direitos humanos

    ResponderExcluir
  5. Parece aparecer mais casos bizarros sobre a China a cada ano que passa... Se este país tiver mesmo um regime político maléfico, mais cedo ou mais tarde há de cair. Provavelmente chegará uma época em que muitas nações gritarão contra a China.

    ResponderExcluir