O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Mensagem do webmaster:
2014?

2013 sem dúvida passará para a História.

Só pensar que apenas iniciado o ano, nos céus de Roma, emoldurados pelos símbolos sagrados do Papado, um helicóptero fazia o voo de despedida de Bento XVI!

A renúncia, segundo o decano dos cardeais Ângelo Sodano, caiu “como um raio em céu sereno”. E na mesma noite, um raio atingiu a cúpula da Basílica de São Pedro.

Poucos dias antes, um temporal de violência inusitada danificou o Santuário de Fátima, no 75º aniversário da aurora boreal anunciada por Nossa Senhora: “quando virdes uma noite alumiada por uma luz desconhecida sabei que é o grande sinal, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre”.

Logo depois um meteoro explodiu no céu da Rússia com a potência de 20 bombas atômicas. Outra bola de fogo cruzou o céu da costa oeste dos EUA, mais uma apavorou o centro da Espanha e, por fim, em nove estados da Argentina outro meteoro comparável ao russo fez a noite virar dia, a terra tremer, e o povo achar que era “um sinal divino”.

Esses fatos incomuns devem ser vistos à luz da Fé que nos leva a mantermos inalterada nossa Esperança e nossa Caridade.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Exército secreto
de 2 milhões de censores da internet

A China tem dois milhões de pessoas vigiando a internet, contingente maior que o das Forças Armadas do país, informou a “Folha de S.Paulo” (11-10-2013).

O número foi divulgado pelo jornal estatal Beijing News.

Ele oferece uma rara pista para dimensionar o exército secreto usado pelo governo para controlar e censurar a rede dentro do país e no exterior.

Descritos pelo jornal como “analistas de opinião”, os vigilantes da rede são empregados pelo Estado e por empresas comerciais para filtrar o que é publicado em sites, blogs e microblogs, como o popular Sina Weibo, a versão chinesa do Twitter, com milhões de assinantes.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Pedir legalidade é crime na China de Xi

Novo presidente desencadeou implacável limitação das liberdades
Novo presidente desencadeou implacável limitação das liberdades
Os advogados chineses que ousaram defender nos tribunais a internautas, jornalistas e defensores dos direitos humanos queixosos estão sendo presos dentro do movimento de brutal repressão politica desencadeado pela administração do novo presidente socialista Xi Jinping, explicou reportagem do “Le Monde”

O advogado Li Fangping, defensor de longa data das vítimas da arbitrariedade na China denunciou as novas artimanhas processuais que estão sendo postas em prática.

Alguns advogados foram proibidos de defender causas “sensíveis” e tiveram que abandonar seus clientes no meio do processo. E os que ainda podem exercer, tiveram cerceada a liberdade de visita-los.

Embora pareça tragicômico, quando as intimidações da ditadura não desanimam os dissidentes, os advogados podem vir a parar na prisão e serem torturados até seus cliente mudarem de pensamento.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Inédito: criança pega câncer no pulmão pela poluição

Mãe e filho em Jilin, nordeste da China, onde as escolas foram fechadas pela poluição
Mãe e filho em Jilin, nordeste da China,
onde as escolas foram fechadas pela poluição
Uma menininha contraiu câncer no pulmão que os médicos atribuem à poluição atmosférica na província oriental de Jiangsu, segundo a agência Nova China, citada por “Le Figaro” de Paris.

A doença é raríssima nas crianças e em geral atinge pessoas por volta dos 70 anos, segundo a American Cancer Society.

Os médicos chineses atribuem o caso à poluição atmosférica, um dos tantos flagelos que se abatem sobre a saúde pública da China após políticas econômicas irrefletidas do regime socialista.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Socialismo induz desespero,
suicídios e revoltas de camponeses

Policiais em ação para confiscar casas e terras de camponeses em Zhuguosi
Policiais em ação para confiscar casas e terras de camponeses em Zhuguosi
Dirigindo numa movimentada estrada, Tang Huiqing mostrou o terreno onde ficava a oficina de sua irmã.

Quatro anos atrás, funcionários do governo informaram à irmã de Tang que Chengdu estava se expandindo em direção ao campo e que sua aldeia precisava ceder espaço à cidade, noticiou o “The New York Times”.

Agricultora que já havia passado pela transição para o trabalho industrial, a irmã de Tang construiu uma pequena oficina para trabalhar com o marido. Os funcionários a informaram de que a estrutura seria demolida.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Novo presidente acaba com Estado de Direito e expurga dissidência

Estão se multiplicando as prisões de ativistas pelas liberdades
Um documento interno do PCC – Partido Comunista da China – acaba de alertar os chineses para os perigos dos “valores ocidentais”.

Segundo o “New York Times”, a iniciativa é do próprio presidente Xi Jinping que assumiu a liderança do partido em novembro do ano passado.

O “Documento Número 9” enumera os sete perigos maiores voltados contra o poder do PC. O primeiro seria a “democracia ocidental constitucional”.

Os outros incluem “valores universais”, direitos humanos, liberdade de imprensa, conceitos “neoliberais” de economia de mercado e críticas “niilistas” à história do Partido Comunista.

“Forças ocidentais hostis à China e dissidentes dentro do país continuam infiltrando constantemente a esfera ideológica”, diz o texto.

A linha dura da nova liderança decepcionou os liberais e até ex-dirigentes moderados, que esperavam mudanças com a ascensão de Xi.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

A “neo-maoização” do presidente Xi Jinping

O presidente chinês Xi Jinping peregrinou até a luxuosa casa de campo às margens de um lago, onde Mao Zedong passava suas férias nos anos 1950 enquanto ordenava exterminar classes sociais inteiras.

Para Xi, o sítio de lazeres do cruel líder comunista deveria ser declarado centro de educação da juventude no espírito da revolução.

Com efeito, a retórica “mística” maoísta de Xi vem se reforçando nos últimos meses, constatou reportagem do “The Wall Street Journal”.

Ele se vale do “livro vermelho” de Mao para fazer um expurgo no Partido Comunista Chinês, além de montar um cerco à discussão de ideias como democracia, Estado de direito e aplicação da Constituição.

Visando reforçar o espírito igualitário intrínseco ao comunismo, o presidente ordenou que os generais e os membros mais antigos do governo trabalhem como domésticos pelo período mínimo de 5 dias a fim de aprenderem a se reconectar com as “massas”.

A atitude de Xi parece decisiva, pois a China está entrando numa crise econômica e pipocam as revoltas populares.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Negócios da China “loucamente ruins”

China pode entrar numa crise da qual não conseguirá sair em uma década
China pode entrar numa crise da qual não conseguirá sair em uma década
Christopher Balding, professor na HSBC Business School da Universidade de Pequim, denunciou que mais de um trilhão de dólares contabilizados no PIB oficial chinês pura e simplesmente não existem.

Ele argumenta com dados convincentes: o PIB chinês está distorcido e cálculos prudentes apontam um número bem menor, noticiou “World Affairs”.

Balding se apoia no trabalho de Stephen Green, do Standard Chartered Bank, um dos primeiros a denunciar que a China superdimensiona o seu PIB ao manipular os dados da inflação, e que a economia chinesa só cresceu 5,5% no último ano e não 7,8% como reza a vulgata oficial.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Católicos de Shangai resistem com fé e heroísmo à perseguição

Arcebispo de Shangai Aloisio Jin Luxian, falecido em abril 2013
A mais importante diocese da China passa por uma de suas mais difíceis crises em decorrência da repressão comunista, denunciou o jornal de Londres “The Telegraph”.

A comunidade católica de Xangai reúne 150 mil fiéis, segundo o governo, mas os sacerdotes julgam que é o dobro disso.

O bispo de Xangai, Dom Aloísio Jin Luxian, faleceu no último mês de abril aos 96 anos de idade. E no dia 7 de julho aquele que caminhava para ser seu sucessor, o bispo auxiliar Dom Tadeo Ma Daqin, foi desaparecido pela polícia comunista.

Dom Tadeo Ma parecia encarnar o enganador sonho de uma conciliação entre a ditadura de Pequim e a diplomacia da Santa Sé, conhecida como “Ostpolitik”.

Ele estava inscrito na Associação Patriótica – espécie de cúpula eclesiástica ilegítima controlada pelos ditadores de Pequim.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

China abocanha rede elétrica argentina

Yuan Jiafu, Wang Fang e Yuan Baoyi, da estatal chinesa Gezhouba,
fizeram declarações que não convenceram na Argentina.
Nacionalismo populista e marxismo oficial visam o mesmo objetivo.
O grupo chinês Gezhouba recebeu do governo argentino a megaobra da hidrelétrica de Santa Cruz, na Patagônia.

O grupo chinês também anunciou que  está de olho no milionário projeto de Chihuido, na província de Neuquén, informou o jornal “Clarín” de Buenos Aires.

“Escolhemos a Argentina pelo seu potencial econômico e pelas necessidades energéticas do país para atender o seu crescimento nos próximos anos”, disse Yuan Baoyi, vice-presidente da Gezhouba International (GGI).

Na verdade, a sabotagem ostensiva contra as empresas “capitalistas” e “antipopulares”, segundo o discurso socialista oficial, é a causa da aflitiva falta de energia no país platino. E a China não teria conseguido as licitações se não estivesse associada aos atuais dependentes diretos da Casa Rosada.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Coreia do Norte condenada: lagartos, cobras, ratos e grama


No post anterior “Coréia do Norte: mãe teve de matar o próprio filho”, tratamos dos presentes crimes comunistas naquela infeliz nação do Extremo Oriente.

Poucos especialistas esperam que o relatório preparado pela comissão da ONU possa alterar alguma coisa do que vem ocorrendo lá.

Na verdade, até hoje a ONU parece ter feito uma pressão sobre a Coreia do Norte muito burocrática, como que visando mais preencher formulários e ficar constando que também agia em defesa dos direitos humanos daquele sofrido povo.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Coreia do Norte: mãe teve de matar o próprio filho

Shin Dong-hyuk teve o dedo cortado pelos carcereiros como punição
Shin Dong-hyuk teve o dedo cortado pelos carcereiros como punição
A dinastia de três ditadores, a China com o seu apoio cúmplice e o Ocidente com o seu silêncio inexplicável, todos foram insensíveis aos pungentes relatos dos fugitivos que abandonavam a Coreia do Norte.

As execuções públicas e as torturas são ocorrências diárias, conforme testemunham ex-presos diante da Comissão de Inquérito das Nações Unidas que acabou de ouvi-los em Seul, capital da Coreia do Sul.

Eles contaram como os guardas cortaram o dedo de um homem, forçaram presos a comer rãs e uma mãe a matar seu próprio bebê, segundo informou a agência Reuters.

Não obstante tudo isso, foram necessários 50 anos de crimes inomináveis para que a ONU pudesse, afinal, demonstrar algum interesse pelos “direitos humanos” dos infelizes norte-coreanos.

“Eu não tinha ideia (...) eu achei que a mão toda seria cortada na altura do pulso, de modo que fiquei grato por apenas meu dedo ter sido cortado”, disse o mutilado Shin Dong-hyuk, assim punido pelo mero fato de derrubar uma máquina de costura.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Menino tem olhos arrancados pelo tráfico de órgãos

Guo Bin cego para sempre.
Sistema chinês torna lucrativos crimes atrozes

Guo Bin é uma criança de seis anos que brincava nas ruas de sua cidade de Shanxi, no norte da China.

Um dia, sumiu, foi procurado e encontrado quatro horas depois chorando de dor e com o rosto banhado em sangue.

Ele foi drogado por traficantes de órgãos que lhe arrancaram os olhos numa operação típica do mercado negro de órgãos para transplantes, informou o jornal britânico “The Daily Mail”.

Os olhos foram achados perto do local, mas sem córneas, objetivo do inominável ataque.

Na China, os hospitais públicos – únicos existentes – não exigem nenhum certificado de procedência ou doação, nem mesmo testes básicos, sobre o órgão apresentado para enxerto.

A lei chinesa exige certificados e testes, mas dinheiro e corrupção passam por cima.

O próprio governo comercia os órgãos arrancados de condenados a morte, por vezes executados só para tirar o órgão desejado. É uma consequência inevitável do materialismo socialista.

domingo, 1 de setembro de 2013

Cartas em produtos chineses trazem apelos desesperados

A carta apelo do prisioneiro torturado
A carta apelo do prisioneiro torturado diz,
entre outras coisas, que além das violências,
trabalham sem cessar "quase sem pagamento"
isto é, recebem 10 yuan por mês = R$ 3,89 !!!

Julie Keith, uma mãe do Oregon (EUA), enregelou-se ao encontrar uma carta meticulosamente oculta dentro de um pacote para Halloween “made in China” que ela comprou na loja Kmart.

Grafada num inglês trêmulo, a mensagem imergiu-a num cenário de horror pelo qual ela jamais imaginaria que pudesse passar.

O autor estava preso num campo de trabalho forçado em Masanjia, no norte da China, trabalhando 15 horas diárias durante toda a semana sob o látego de desapiedados guardas.

“Se você comprar este produto, por favor, mande esta carta para a Organização Mundial de Direitos Humanos”, leu Julie. “Milhares de pessoas na China, que sofrem a perseguição do Partido Comunista, ficar-lhe-ão gratas para sempre”.

Quanto ao preço que os comunistas pagam por sua liberdade e pela dos demais presos, Zhang diz na carta que é “quase não pagamento”, pois os 10 yuans mensais por ele referidos equivalem a 3,89 reais!

Julie encaminhou ao governo esta carta que era mais um dramático apelo à comunidade internacional para a realidade do regime escravagista chinês encravado na “reeducação através do trabalho”. A reportagem é do influente “The New York Times”.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Comércio de órgãos humanos se apoia em execuções capitais na China

Condenados a morte são fonte involuntária de órgãos

A Sra. Zhang pagou quase 75.000 euros (R$ 225.000 aprox.) a fim de obter em Xangai um fígado para seu marido alcoólatra.

Ela não ignora que esse órgão foi tirado de um condenado à morte: “A maioria dos órgãos provém de criminosos e nós o obtivemos por decisão de um tribunal de Justiça”, explicou ela, segundo notícia do jornal “Le Monde”.

A esposa de um outro paciente do hospital Ruijin acabava de pagar por volta de 36.000 euros por um fígado e também respondeu: “O doutor disse que o órgão era de um prisioneiro”.

Todo ano há oficialmente na China 10.000 transplantes de órgãos, 65% dos quais, em 2009, provinham de condenados a morte. Um chefe de serviço de um grande hospital de Xangai contou sob anonimato que a proporção atingia 80%.

O regime procura abafar as críticas com anúncios “humanitários” do gênero de classificação eletrônica dos doentes para evitar favoritismos, etc.


terça-feira, 20 de agosto de 2013

Católicos “clandestinos” desafiam prisão e emocionam-se vendo o catolicismo no Brasil

Pároco da igreja São Francisco Xavier, Tijuca,
Pe. José Li Guozhong assistiu peregrinos 'clandestinos'
Durante a Jornada Mundial da Juventude – JMJ, realizada no Rio de Janeiro, o grupinho de jovens do país mais populoso da Terra não foi convidado para nenhuma posição de destaque.

Alguns deles vivem proibidos de ver até uma simples foto do Papa. Eles foram recebidos, segundo o organograma, na Paróquia Divino Espírito Santo, no Maracanã, noticiou “O Globo”.

Eles vieram misturados com católicos de Hong Kong, Taiwan e Macau, onde o catolicismo é tolerado. Eram peregrinos “clandestinos” vindos da China continental, desafiando a repressão e a punição do Partido Comunista.

O socialismo é de tal maneira asfixiante e implacável que esses heroicos fiéis ficaram acostumados a desconfiar de tudo e de todos: não diziam seus nomes e não permitiam a divulgação de fotos.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Reforma Agrária e pé-de galinha zumbi na China

Consta que a polícia chinesa tenha desmantelado uma rede que vendia pedaços de galinha – principalmente os pés, muito apreciados no país como aperitivo – velhos de 50 anos, noticiou o jornal “ABC” de Madri.

A descoberta aconteceu na cidade de Nanning, no sul da China.

Teriam sido apreendidas 20 toneladas de pés-de-galinha congelados de modo precário e vencidos havia 46 anos nos casos mais extremos – portanto, desde os anos 60 do século XX.

O “achado arqueológico” foi objeto de muitas ironias nas redes sociais chinesas, já acostumadas com notícias de alimentos estragados de toda espécie distribuídos pelo governo ou com sua cumplicidade.

A ironia é o recurso que resta aos infelizes chineses, condenados pelo regime a beber e comer produtos suspeitos.

Os internautas cunharam o termo “unha de galinha zumbi” para essa proeza da alimentação socialista.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

China perde o controle da sua economia Frankenstein

O mundo aceitou cada vez mais a ideia de que os líderes chineses são administradores hábeis da colossal economia do país.

E parece ter-se enganado, escreveu William Pesek, correspondente em Tóquio do Bloomberg News.

Sucessivas medidas do presidente do Banco da China, Zhou Xiaochuan, de início foram aclamadas como golpes de batuta de um mestre. Mas, quando elas viraram uma espiral de marchas à ré e de mudanças de rumo, semearam mal-estar e sugeriram que as finanças do gigante comunista podem ser comparadas a um Frankestein saído do controle do Dr. Jekyll

Imensas cidades fantasmas novas, rodovias, aeroportos e hidrelétricas inflaram o PIB chinês, obnubilando os investidores estrangeiros otimistas e gerando vertiginosos movimentos bancários.

O perigo, segundo Pesek, é que ninguém realmente sabe como está a saúde dos bancos estatais chineses, ou qual é o tamanho do enorme sistema de financiamento paralelo. Para Stephen Green, da Standard Charteres em Hong Kong, o sistema de crédito da China é uma “enorme e assustadora caixa preta”.
Pesek pergunta: “Como alguém pode acreditar que a China vem crescendo a uma taxa de 7,7%, como afirma o governo, quando variáveis cruciais na sua tabela de dados são um mistério? O economista Lu Ting, do Bank of America em Hong Kong, expôs-se à ira da China ao afirmar que o superávit comercial do país era um décimo dos US$ 61 bilhões informados a partir de meados de maio. Esse caráter “ninguém sabe” do sistema de crédito da China – quantidade, qualidade, ou excessos – é ainda mais preocupante”.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Contaminação de ar, terra e agua atingiu níveis históricos

Poluição do ar em Tangshan, província de Hebei, fevereiro 2013
Poluição do ar em Tangshan, província de Hebei, fevereiro 2013

Na China, o nível da contaminação do ar, das terras e das águas atingiu níveis jamais vistos na história e começa a ficar intolerável para seus 1.300 milhões de habitantes, escreveu o jornal “Clarín”, de Buenos Aires.

Para o jornal, não há dúvida de que a causa são os brutais métodos de desenvolvimento econômico socialista das três últimas décadas.

O Partido Comunista Chinês (PCCh) ganhou riqueza e poder na esfera internacional, mas estragou as próprias bases desse avanço e hoje ameaça ruir de um modo sem igual na história.

terça-feira, 23 de julho de 2013

Camponês é quase morto. Seu “crime”: ser pai de três filhos

Zhang Futao, camponês de Jiangsu,
foi golpeado quase até a morte
por ter três filhos
Zhang Futao, camponês da província de Jiangsu, foi surrado quase até a morte por mais de 20 agentes da planificação familiar socialista.

A causa da agressão foi o fato de ele e sua mulher terem três filhos, violando assim política oficial chinesa de filho único, informou a organização China Aid.

Ele foi hospitalizado em condições críticas na cidade de Xinyi, pois sofreu várias feridas na cabeça durante o espancamento.

Os agentes socialistas irromperam em sua casa, o sequestraram, o levaram para um quartel, e ainda exigiram a família pagar um resgate.

No hospital, verificou-se que sofreu fraturas cranianas e hemorragia cerebral.

Ele perdeu tanto sangue que só não morreu porque a família o levou logo para o hospital.

Zhang e sua mulher têm três crianças: duas meninas de doze e quatro anos, e um menino de seis.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Camponeses repelem tentativa de expropriação de terras


O mal-estar decorrente da desordem implantada pelo socialismo na China gera anualmente dezenas de milhares de protestos e motins populares.

A mídia ocidental somente menciona a extensão e a gravidade do descontentamento popular. Porém, no blog “L’empire Weibo”, do jornal “Le Monde”, de Paris, encontramos uma exceção a essa regra.

Trata-se de uma série de fotografias tiradas por camponeses revoltados pela expropriação de suas pequenas propriedades na região de Quanzhou, província de Fujian.

Eles protestaram contra o confisco de suas terras. E receberam o que o socialismo proporciona àqueles que diz defender, mas que na realidade escraviza: a tropa de choque da polícia de cassetete na mão.

Muito indignados pela injustiça praticada, os camponeses reagiram e até prenderam um soldado da tropa de choque, cujas mãos amarraram e por pouco não o espancaram.

Os soldados acabaram fugindo e, uma vez acalmados os ânimos, os camponeses devolveram o agente são e salvo.

O post relatando o acontecido foi um dos mais difundidos na imensa rede de micro blogs Weibo no mês de maio. E foi transmitido por Kong Zhiyong, responsável por uma fábrica de cerâmica.

Ele informou que perto de mil aldeões repeliram com pedras a polícia de choque e as autoridades comunistas locais.

domingo, 14 de julho de 2013

“A tarefa da policia é bater no povo” diz delegado a populares indignados

Video: delegado ameaça espancar populares. "Devolva meu celular" reclama mulher




“A tarefa da polícia é bater no povo”, berra o delegado a cidadãos desarmados que protestavam indignados contra a violência sofrida.

Vozes femininas berram: “devolva meu celular”. A confusão é tão grande que o tradutor não consegue acompanhar.

O fato foi gravado em Suzhou, na província chinesa de Jiangsu, tendo o vídeo ‘viralizado’ vertiginosamente, atingindo milhões de visualizações na Internet.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Juiz passa 11 anos preso porque é católico fiel a Roma

Li JF (nome conservado no anonimato para evitar represálias) foi juiz e presidente de tribunal numa cidade chinesa na costa oriental do país.

Mas foi condenado a 11 anos de confinamento num campo de trabalhos forçados pelo fato de pertencer à Igreja Católica dita “subterrânea”, perseguida pelo governo pela sua fidelidade à Santa Sé, informou a agência AsiaNews.

Bob Fu, fundador e presidente da associação ChinaAid contou sua história, assim que Li foi excarcerado.

“Li foi aprisionado não por corrução ou atividades criminais, mas sim porque fornecia consultoria legal gratuita aos mais débeis e vulneráveis”, explicou Fu.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Polícia bloqueia romeiros no santuário da padroeira da China

Procissão aconteceu sob ameaças e intimidações
Procissão aconteceu sob ameaças e intimidações
Como todos os anos a polícia chinesa rodeou a aldeia de Donglu, que e célebre para os católicos chinês por causa de uma aparição de Nossa Senhora no início do século XX, informou o jornal oficial “South Morning China Post”.

A polícia impediu que os peregrinos se unissem aos moradores da cidade na comemoração em honra de Nossa Senhora.

As forças da repressão bloquearam as estradas que servem de aceso à cidade com homens armados dia e noite.

Ainda assim os engenhosos católicos chineses continuaram comemorando a festa com uma procissão solene diante o santuário.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Neonato chinês jogado no vaso de medo da repressão estremece o mundo

Vizinhos ouviram prantos no esgoto
Vizinhos ouviram prantos no esgoto

Apenas nascida, uma criancinha de dois ou três dias foi jogada no vaso sanitário, porém ainda viva ficou atravancada no esgoto do prédio de apartamento e os vizinhos do quarto andar ouviram seu pranto em Jinhua, província de Zhejiang, noticiou AsiaNews.

Afinal os bombeiros lograram a façanha de leva-la ainda com vida ao hospital, mas dentro da parte do esgoto onde ficou pressa e que eles cortaram bem.

Ali, os médicos conseguiram com pinças e tesouras liberá-lo pouco a pouco.

Ele ainda esta envolto na placenta e com o cordão umbilical visível.

O fato causou espanto universal e até apareceram voluntários a adotá-lo.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Especialistas se espantam com as fraudes na propaganda chinesa e norte-coreana

Três líderes comunistas de Lihong pairando sobre uma estrada nova
Três líderes comunistas de Lihong pairando sobre uma estrada nova
Especialistas franceses em contra-informação estão intrigados com a capacidade da China em produzir fotos falsas tão primitivas, observou “The Atlantic”.

A falsificação de informações com finalidades de propaganda ou de enganar o adversário é tão velha como a guerra e a política. Mas, em todas as épocas, os falsificadores tentaram produzir fraudes “perfeitas”.

A tecnologia digital introduziu recursos que pareciam tornar inevitáveis esses falsos “perfeitos”. Foram então criados programas especiais para detectar as deturpações. Eles são utilizados pelos serviços de contra-espionagem e contrapropaganda.

terça-feira, 11 de junho de 2013

Jornalistas chineses não poderão citar mídia estrangeira


Mais uma lei repressiva da liberdade de expressão foi anunciada pela Administração Geral para a Imprensa, Publicações, Rádio, Filmes e Televisão de Pequim, informou o quotidiano inglês “The Telegraph”.

O órgão do governo socialista justificou o afogamento dessa liberdade com o argumento de deter a “difusão de informação prejudicial”.

“Sem licença expressa, nenhum grupo de mídia informativa está autorizado a usar informações fornecidas pela mídia ou por sites estrangeiros”, diz a nota, dada a conhecer pelo oficial Jornal da Imprensa e de Publicações da China.

Jornalistas e editores deverão se submeter aos “princípios de unidade, estabilidade e publicidade positiva”, ordena a diretriz. Estes termos genéricos e imprecisos têm um significado claro na China: só é lícito escrever, falar e pensar o que serve ao regime.

Quando as informações provenham de “testemunhas, ONGs e grupos empresariais”, não poderão ser publicadas sem antes serem objeto de uma verificação completa, informou o jornal de Hong Kong South China Morning Post.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Grande vigília em Hong Kong relembra massacre de Tiananmen e pede liberdade

Vigília pode ser a maior da história de Hong Kong por Tiananmen
Vigília pode ser a maior da história de Hong Kong por Tiananmen

Um número impressionante de público compareceu ao Victoria Park de Hong Kong, para participar da vigília anual a luz de velas que indicia o regime comunista da China pelo desrespeito aos direitos humanos.

Também e em ponto maior, a vigília marcou o 24º aniversário do massacre da Praça da Paz Celestial, ou Tiananmen, em Pequim.


O número dos presentes pode ter superado o do ano passado (mais de 180.000 pessoas) malgrado a persistente chuva.

As autoridades se recusaram a fornecer estimativas, porque a primeira vista as restrições impostas desde Pequim não surtiram todo o efeito desejado.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Heroísmo dos seminaristas chineses fiéis ao Papado

Num seminário "clandestino"
Num seminário "clandestino"
Tomás Zhang, seminarista católico chinês no exilio contou à InfoCatólica, que ele e seus oito companheiros de seminário “viveram, dormiram, comeram, estudaram e rezaram” num só quarto de poucos metros quadrados, se ocultando da polícia durante um ano e meio.

O regime comunista persegue os membros da Igreja Católica fiéis ao Papado.

InfoCatólica reproduz um outro testemunho impressionante. Um seminarista mantido no anonimato por segurança contou que quase 30 vocacionados procedentes de três regiões entraram no mesmo seminário.

Quase todos tinham 17. Eles viviam numa gruta num morro alto que foi cavada pelos seminaristas maiores e que também servia de capela, aula e refeitório.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Coreia do Norte: tapeações paranoicas sob as ordens de Pequim

Centro espacial de Tongchang-ri. No fundo o Unha-3 apresentado aos jornalistas

O ditador comunista norte-coreano, Kim Jong-um ordenou, em meio a mil outras bravatas, preparar seus mísseis para atingir o continente americano e as bases dos EUA no Pacífico.

Mas, do que valem esses mísseis norte-coreanos, perguntou o diário francês “Le Monde”?

O jornal lembrou que, em 12 de fevereiro, a Coreia do Norte realizou um terceiro teste nuclear de potência bem superior aos dois anteriores.

Em 12 de dezembro de 2012, ela até conseguiu lançar um foguete Unha-3, o qual oficialmente visava pôr em órbita um satélite civil, mas todo o mundo achou que era mais um ensaio de um foguete balístico de longo alcance.

Sem dúvida, Pyongyang dispõe de um arsenal de algumas centenas de mísseis de curto, meio e longo alcance.

O Instituto Internacional para Estudos Estratégicos (IISS), “tanque de pensamento” de Londres, estimou que “a utilidade militar desse arsenal seria muito limitada por causa da fraquíssima precisão daquelas engenhocas”.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Frotas pesqueiras chinesas pilham os oceanos do planeta, incluindo costas brasileiras

Pesqueiros chineses no porto de Haiku
Pilhagem dos mares. A expressão pode parecer por demais forte, decididamente exagerada e cheia de preconceito. Entretanto, ela foi lançada pelo cotidiano parisiense de tendência socialista Le Monde, próximo ideologicamente do regime de Pequim.

De fato, não há outra expressão para qualificar o gigantesco saqueio dos mares pelas frotas de pesqueiros chineses, segundo estudo internacional coordenado pelo renomeado biólogo Daniel Pauly, da Universidade de Columbia-Britânica.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Carros chineses vendidos no Brasil batem recorde de insegurança

Exemplo de testes do Latinncap. Chineses se sairam pior
O Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina, conhecido como Latin NCAP, testou 28 modelos de carros vendidos no Brasil, segundo noticiou Automotive Business.

Os carros foram comprados em concessionárias e levados à Alemanha, onde passaram por severos testes de colisão. Nenhum deles atingiu as cinco estrelas, como é comum na Europa, e o Latin NCAP concluiu que “os níveis de segurança dos carros mais vendidos na região são ainda inaceitáveis, abaixo dos padrões mundiais”. Porém, reconheceu que houve progressos palpáveis.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

336 milhões de crianças foram abortadas na China durante 40 anos

Ma Kai, secretárito geral do Conselho de Estado chinês, comemorou o genocídio.
Na foto anuncia mais novas normas ambientalistas
336 milhões de seres humanos foram exterminados na China pelo aborto entre 1971 e 2010, segundo números do Ministério da Saúde. O total equivale a mais de uma vez e meia toda a população brasileira, noticiou o jornal “Financial Times”, de Londres.

O referido Ministério – que mais adequadamente deveria chamar-se Ministério da Morte – divulgou em janeiro suas sinistras estatísticas sobre esterilizações e abortos.

Também anunciou que faria uma fusão com a Comissão Nacional da População e de Planejamento Familiar para melhor continuar sua cruel tarefa.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Milhares de porcos mortos boiam em rio que fornece "água potável" a Xangai e governo finge não saber por quê

Milhares de carcaças podres boiam em rio que fornece "agua potável" a Xangai

Mais de 13.000 porcos mortos foram retirados nos últimos dias do rio Huangpu, a principal fonte de água potável da metrópole chinesa de Xangai, com mais de 20 milhões de habitantes e o maior centro comercial e financeiro da China. Outras cidades vizinhas também sofrem com o problema.

Mas ninguém sabia – ou se sentia encorajado a – explicar ao certo de onde as carcaças em decomposição provinham, por que os porcos haviam morrido, nem quem os tinha jogado nesse rio, noticiaram o jornal francês “Le Figaro” e o português “O Público”.

A população está assustada com o que pode sair da torneira, uma vez que água para consumo humano é captada no referido rio. As autoridades reforçaram a frequência das análises e garantem que não foi detectado até agora qualquer problema de poluição.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Católicos vietnamitas condenados por “homicídio” porque defenderam sua propriedade

Manifestação de apoio à família católica
organizada pela paróquia dos padres redentoristas de Hanoi.
O Tribunal Popular de Haiphong condenou uma família católica, porque o chefe dela, o engenheiro agrônomo Pierre Doan Van Vuon e mais três parentes, defenderam à mão armada sua pequena criação de peixes e crustáceos no distrito de Tiên Lang, noticiou a agência "Églises d'Asie", habitualmente bem informada dos eventos religiosos na Indochina.

O processo demorou apenas quatro dias, como é muito frequente nos regimes marxistas. A condenação já estava previamente combinada.

Policiais e militares tentaram ocupar a propriedade e destruíram a casa familiar e as instalações, como informamos em post anterior: Católicos vietnamitas serão julgados por “tentativa de homicídio” por defenderam sua propriedade.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Ciberataque “norte-coreano” contra Coreia do Sul saiu da China. De Pyongyang só sai bravata e paranoia

Sem armas e recursos, a Coréia do Norte apela a fotos trucadas por via digital.
Ela só pode fazer algo com apoio chinês
Enquanto a Coréia do Norte multiplica sua agressividade militarista contra a Coréia do Sul e os EUA, uma sugestiva revelação veio a apontar quem está por trás de bravatas e provocações de um regime marxista paranoico que nem consegue alimentar seu habitantes.

Vastos ataques cibernéticos contra redes de televisão e bancos da Coreia do Sul tiveram sua origem em um endereço IP (Internet Protocol ou Protocolo de Internet) da China, mas a identidade dos hackers ainda não foi determinada, informaram responsáveis sul-coreanos à imprensa internacional, noticiou a “Folha de S.Paulo”.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Católicos vietnamitas serão julgados por “tentativa de homicídio” por defenderam sua propriedade

Doan Van Vuon no início do processo
Doan Van Vuon no início do processo
O Tribunal popular de Haiphong, Vietnã, abriu processo contra uma família católica, porque o pai de família, o engenheiro agrônomo Doan Van Vuon e mais três parentes, defenderam à mão armada sua pequena criação de peixes e crustáceos no distrito de Tiên Lang, informou a agência “Eglises d’Asie”.

Policiais e militares armados tentaram ocupar a propriedade. Após um atrito, destruíram a casa familiar e as instalações do engenheiro, conhecido católico praticante.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Ditadura comunista quer proibir refeições com palitos para “salvar o planeta”!

Garoto comendo com palitos é mal visto pelo regime
Garoto comendo com palitos é mal visto pelo regime

O governo chinês requinta na hora de subverter os mais entranhados costumes populares. Para disfarçar seus intuitos, ele decidiu agora “salvar o planeta”.

O pesadelo do intervencionismo socialista quer mudar até o modo de comer de todos os cidadãos.

A “revolução cultural” visa suprimir os palitos com os quais os chineses costumam comer há 4.000 anos, informou a revista francesa “Le Point”.

O pretexto do regime marxista se reveste do “verde” ecológico.

Para “salvar o planeta”, a ditadura pretende pôr fim, de modo ecologicamente correto, ao “esbanjamento” de 80 bilhões de palitos utilizados anualmente.

Para a revista americana “Time”, também adepta dos mitos “verdes”, esse “esbanjamento” equivaleria a mais de 20 milhões de árvores abatidas todos os anos.

Os originais e pitorescos palitos usados pelos chineses tornam a China o primeiro consumidor e importador de madeira do planeta.

terça-feira, 19 de março de 2013

China: 400 “cidades do câncer” recenseadas

Criança com problemas respiratórios em Hefei, província de  Anhui
Pela vez primeira, o ministério chinês do Meio Ambiente publicou a lista das “cidades do câncer”.

Trata-se de urbes grandes, médias e pequenas, onde o nível de poluição é tão elevado que a proporção de pessoas atingidas pelo câncer superou os níveis mais alarmantes, noticiaram numerosas fontes, entre as quais o jornal “Le Figaro” de Paris.

Segundo a lista oficial, a China teria mais de 400 cidades em tal situação. Os grupos ecologistas, sempre lenientes e amigos do regime, falavam “apenas” em uma centena.

Porta de Dongbianmen, parte da antiga muralha de Pequim. PASSE O MOUSE PARA CONFERIR

O ministério chinês disse estar preocupado pela dimensão gigantesca do problema. Mas só falou lugares comuns, como o de que “os produtos químicos tóxicos estão na origem de numerosas crises ambientais ligadas à poluição do ar ou da água. Existem até casos muito sérios, como as aldeias do câncer em certas regiões circunscritas”.

domingo, 10 de março de 2013

Exército chinês comanda onda de cyberataques contra Ocidente

Prédio onde funciona a Unidade 61398, Xangai
Segundo relatório da Mandiant, empresa de segurança em Internet, uma unidade secreta do Exército Popular de Liberação (EPL) chinês é responsável por grande número de ataques informáticos contra empresas e organismos estatais nos EUA (Leia o relatório clicando aqui)

Segundo o documento, centenas de investigações realizadas nos últimos três anos mostram que as centrais responsáveis por ataques contra agências do governo, empresas e jornais americanos “estão baseadas principalmente na China e o governo chinês está bem informado disso”.

O governo socialista de Pequim, obviamente, recusa o relatório.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Cresce prodigiosamente perseguição religiosa no Vietnã

Católicos processados em Hanoi
Católicos processados em Hanoi

A liberdade religiosa dos católicos no Vietnã se degrada assustadoramente. O país está entre os que mais perseguem a Igreja Católica.

O Vietnã ficou no posto 21, entre o Egito e a Arábia Saudita, no Índice mundial de perseguições anticristãs 2013, elaborado pela associação Portes Ouvertes.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Manicômios e torturas na nova “China das reformas” de Xi Jinping

Chen Qingxia mostra a foto de seu marido torturado
O novo governo chinês discute reformar o sistema de “reeducação pelo trabalho”, mas os casos de violações dos direitos humanos se multiplicam e ficam cada vez piores, noticiou a agência AsiaNews.

Chen Qingxia, mulher de um doente mental, ficou inválida após sofrer violências enquanto solicitava justiça às autoridades do governo central.

Sua historia foi narrada pela Rádio Nacional chinesa e confirmada até mesmo por um funcionário do Departamento de Propaganda do regime, embora deturpando os fatos.

Em 2003 o marido de Chen estava sendo tratado num hospital psiquiátrico, tendo sido condenado a um campo de trabalho forçado (laojiao).

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

‘Conferência Episcopal Chinesa’ tenta destituir ilegitimamente bispo resistente

Mons Thadeu Ma Daqin logo antes de ser sequestrado pela polícia
Mons. Tadeu Ma Daqin, bispo auxiliar de Xangai, continua sequestrado pela polícia, após ter-se negado, no dia de sua sagração, a continuar fazendo parte do clero marxista chinês.

Seu caso está impressionando o mundo católico, mais ainda que o de outros bispos heróis da Fé presos e condenados pelo regime comunista.

As circunstâncias de sua renuncia à associação do clero socialista foram especialmente danosas ao regime e a seus companheiros de viagem clericais, engajados num enganoso processo de aproximação mútua.

Os fiéis que enchiam a catedral de Xangai aclamaram o repúdio do novo bispo à colaboracionista Associação Patriótica Chinesa.

Diversos seminaristas e religiosas que o apoiaram foram punidos, conforme informou o jornal “The New York Times”, e obrigados a fazerem cursos de “educação política”, nos quais os agentes marxistas tentam lhes mudar as ideias. Porém, este método habitualmente não causa efeitos.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Universo concentracionário norte-coreano prossegue cinicamente

Campo de concentração 22 continua,
inclusive "experimentando" novas armas sobre presos adultos e crianças
Imagens de satélite desmentiram as alegações da ditadura norte-coreana de que o campo de concentração conhecido como “Penal Labour Colony 22” foi fechado e os presos distribuídos em outras prisões.

Flagradas em 11 de outubro, as imagens foram exibidas pelo Committee for Human Rights in North Korea, com sede em Washington D.C., noticiou o diário londrino “The Telegraph”.

Segundo o relatório, a tirania marxista executa uma matreira substituição de prisioneiros para dizer ao Ocidente que os está retirando do campo.

“As imagens de satélite mostram que foi derrubado um prédio que segundo desertores funcionava como centro de interrogatórios, mas o campo em si mesmo continua operacional” – diz o relatório.

De fato, esse campo de concentração é uma rede de instalações presidiárias interconectadas, que cobrem 87 milhas quadradas, rodeadas por arame eletrificado. Ex-carrascos que fugiram da Coréia do Norte disseram que o campo tem mil guardas armados com metralhadoras.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

O lado obscuro do “milagre” chinês

Operário em mina de carvão, Changzhi
Operário em mina de carvão, Changzhi
O “milagre” chinês tem um lado sombrio. A coluna vertebral de seu salto econômico são os mais de 200 milhões de migrantes que abandonaram o campo para buscar trabalho na cidade – revelou a BBC.

Esses migrantes constituem um terço da população economicamente ativa (de 15 a 65 anos de idade) e não têm acesso à saúde ou à educação. Para eles, o “milagre” chinês é uma utopia ou um pesadelo.

A BBC Mundo entrevistou a escritora Hsiao Hung-pai, autora de Scattered Sands e Chinese Whispers, dois estudos-chave sobre o fenômeno da migração chinesa.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Quatorze ativistas católicos poderiam ser sentenciados à morte no Vietnã

 Eles são acusados de subversão por exporem na Internet a corrupção no partido comunista e no governo. 

O julgamento está sendo realizado num momento de baixa cobertura midiática para evitar críticas da comunidade internacional. 

Em setembro, o primeiro-ministro Tan Dung lançou uma campanha contra ativistas e blogueiros, reiterada por ele em 17 de dezembro. A católica Maria Ta Phong Tan está entre os que correm risco. 

Em 2012, 40 ativistas e blogueiros foram presos.

Por Joseph Dang

Hanoi (AsiaNews, 31-12-2012) – Um grupo de católicos ativistas de direitos humanos poderia ser sentenciado à pena de morte. Em 6 de janeiro, seus membros irão a julgamento por subversão, acusados de violar o artigo 79 do Código Penal do Vietnã:

“Realização de atividades destinadas a derrubar o governo do povo”, o que pode acarretar a pena de morte. As 14 pessoas são: Ho Đức Hòa, Djang Xuan Dieu, le van Son, Nguyen Van Duyệt, Nguyen Van Oai, Anh Nguyen Xuan, Ho Văn Oanh, tailandês Văn Dung, Tran Minh Nhat, Nguyen Đình Cuong, Nong Hùng Anh, Djang Thi Ngoc Minh, Nguyen Minh Djang homem, e Nguyen Vinh Phuc Djang.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Golpe propagandístico para dissimular truculência inumana em expropriações

Para consumo ocidental: propriedade respeitada em Wenling, Zhejiang
Para consumo ocidental: propriedade respeitada em Wenling, Zhejiang
A mídia ocidental difundiu a fotografia assaz singular de um prédio em Wenling, na província chinesa de Zhejiang, que teria forçado o governo comunista a desviar o percurso de uma nova estrada.

Pouco depois, o governo marxista teria pagado certa soma de dinheiro aos proprietários.

Os donos, então, teriam concordado em abandonar sua casa, logo demolida em favor da estrada.

A “mensagem” foi de que o comunismo respeita a propriedade privada!

Em verdade, o fato tem o sabor de montagem propagandística.

Essa montagem visa desmentir as crescentes denúncias de violências desumanas contra pequeníssimos proprietários.