O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Carro chinês tira nota zero em matéria de segurança

Zero estrela no crash test do Chery QQ.
Zero estrela no crash test do Chery QQ.



Mais uma vez um carro chinês atinge o mais baixo nível no quesito de segurança nos testes do Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina (LatinNCAP).

O Latin NCap, órgão independente de segurança viária, escolhe aleatoriamente um carro de cada modelo à venda na América Latina e o leva para testes na Alemanha. Neles usa bonecos (dummies) representando adultos no banco da frente e crianças no de trás.

As colisões frontais a 64 km/h, que simulam uma batida envolvendo apenas 40% da frente do carro, são chamadas de parciais. Isso é comum em acidentes entre veículos que trafegam em mãos opostas ou quando um carro atinge uma árvore ou um poste, por exemplo, explicou o site G1.



O recordista da vez foi o novo Chery QQ, que tirou nota zero. O modelo, que se tornará brasileiro ainda em 2015, é importado da China por alguns países da América Latina com o nome IQ ou só Q, acrescentou G1.

“Infelizmente, a falta de normas por parte de alguns governos da região permite que veículos com baixa qualidade nos testes de colisão, como o Chery IQ, sejam oferecidos ao público”, apontou Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCap.

O QQ chinês, mesmo sendo um projeto novo, obteve nota zero em todos os quesitos – a observar que o modelo estava sem airbags, recurso exigido nas versões vendidas no Brasil, acrescentou o IG.

Como outros carros chineses, o resultado ficou muito abaixo do aceitável. No choque frontal, o motorista bateu a cabeça no volante e seus braços foram em direção ao painel.

As crianças não ficaram protegidas pelos assentos e sofreriam ferimentos graves. A Chery não indicou qual marca de assento usar, o que obrigou o Latin NCAP a escolher um modelo genérico.

Vídeo do teste do chinês Chery QQ:




Um comentário:

  1. Apenas para acrescentar, a expressão (técnica) em Inglês para essa batida "parcial" se chama "offset" ou deslocada.

    ResponderExcluir