O Test behind the Great Firewall of China, confirmou mais uma vez que nosso blog ESTÁ BLOQUEADO NA CHINA. A máquina repressiva impede o acesso em Pequim (confira); em Shangai (confira); e agora em Guangzhou (confira). Hong Kong é a exceção (confira). Enquanto Pequim não cobrar medidas coercitivas dos seus correligionários brasileiros ou da Teologia da Libertação, este blog continuará na linha católica anti-comunista, pelo bem do Brasil. MAIS

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Último sucesso da tecnologia chinesa não passou de fraude

Prometia levar até 1.400 passageiros por cima do trânsito, mas foi criminosa enganação. Prototipo em Qinhuangdao.
Prometia levar até 1.400 passageiros por cima do trânsito,
mas foi criminosa enganação. Prototipo em Qinhuangdao.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





Apresentado como triunfo da tecnologia chinesa, o ônibus capaz de levar até 1.400 passageiros por cima do trânsito veicular não passa de uma formidável fraude.

Ela já vinha sendo suspeitada há tempos, mas era acobertada pelo Partido. Veja mais em: Ônibus ecologicamente correto: fraude símbolo do comunismo chinês

A polícia de Pequim prendeu 32 pessoas por coleta ilegal de fundos para o projeto de Ônibus de Trânsito Elevado (TEB, nas siglas em inglês), que prometia driblar os engarrafamentos nas ruas das grandes cidades, noticiou o jornal “The New York Times”.

A ideia futurista de um veículo que passa por cima dos congestionamentos atraiu inversores desprevenidos à Exposição Internacional de Alta Tecnologia de Pequim em 2016.

Muitos desses inversores acreditaram no conto e agora a polícia chinesa quer ver se consegue recuperar algo dos ativos desaparecidos.

À testa dos presos está Bai Zhiming, que aparece promovendo o TEB nos vídeos embaixo, diretor da empresa TEB Technologies e fundador da financeira Huaying Kailai Asset Management, informou Fortune, acrescentando que os outros detidos eram seus funcionários.

Os outros 31 presos trabalhavam na Huaying Kailai. Eles ofereceram ganhos de 12%, embora muitos na China denunciavam ser uma enganação.

Song Youzhou, o desenhador do veiculo, só cursou a escola primária, mas obedecia à propaganda marxista, que atribui as grandes invenções ao proletariado mais ignorante.

Os testes programados para 2016 não foram realizados. O veículo não podia virar nas esquinas, passar debaixo de todas as pontes, suportar o próprio peso e o dos passageiros.

Desde o primeiro protótipo, apresentando em 2010, nunca se efetivou progresso técnico algum.

A enganação pegou, pois, como informou o jornal “Financial Times”, o governo de Qinhuangdao, na província de Hebei, Nordeste da China, prometeu investir US$ 1,5 bilhões.

Em junho, a mídia chinesa informou que a fábrica do TEB em Qinhuangdao havia sido demolida. Arquivo queimado.



Vídeo: Último sucesso da tecnologia chinesa não passou de fraude









Nenhum comentário:

Postar um comentário